quarta-feira, novembro 16, 2005

Utilizador-pagador

Vital Moreira defende o princípio do utilizador-pagador para as auto-estradas. E continua a defender mudanças na segurança social que permitam a sua viabilidade económica. Pois muito bem, é a sua opinião. Apenas gostaria de saber se, coerentemente, também defende o princípio do não-utilizador/não-pagador para a segurança social. Isto é: se a minha geração não vai ter reforma ou vai ter a reforma em condições muito mais penalizadoras, porque é que há-de continuar a descontar para garantir a viabilidade das reformas da geração do professor Vital Moreira? É que eu quero continuar a descontar para a segurança social. Mas, se não fosse pedir demais, também gostava de vir um dia a beneficiar dela...

1 comentário:

Mariana disse...

Pois é. As reformas da segurança social são muito bonitas quando são para os outros. Se o VM concordar em qua reforma dele seja 80% da média de TODA a carreira contributiva (ou seja lá como for que supostamente a vão calcular para nós), talvez possamos conversar...